quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Velório de Maradona teve conflito e multidões de pessoas na fila na Argentina




Confusão entre torcedores e polícias na abertura do velório.
Diego Maradona morreu ontem aos 60 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória em sua residência, em Tigre, cidade vizinha de Buenos Aires.
A Casa Rosada, sede do governo argentino em Buenos Aires, foram movimentadas e fãs numa fila gigantesca em espera para despedir de seu Ídolo do Futebol.

Torcedores adaptaram uma música de arquibancada para homenagear o camisa 10.
Já no Caixão de Diego Maradona tem bandeira da Argentina e camisas da seleção argentina e do Boca Juniors.
Segundo um grupo de infectologistas ouvidos pelo jornal La Nación alertou sobre o risco de aglomerações no velório de Maradona por conta da covid-19.
Pois os funcionários na Casa Rosada trabalham com álcool em gel, e os torcedores também têm acesso a álcool em gel antes de verem o caixão de Maradona.

A cerimônia na Casa Rosada é considerada uma grande honraria na Argentina. A última personalidade a ser velada no local foi o ex-presidente Néstor Kirchner, em 2010.
O Corpo de Maradona será enterrado ainda hoje no cemitério Jardim da Paz, situado na periferia de Buenos Aires, onde foram enterrados os corpos dos pais do ex-jogador.

FONTE : Três Pontas Urgente
IMAGEM : Rede Sociais
Curta👍
Três Pontas Urgente

#trespontasurgente #maradona #argentina #velorio #casarosana #buenosaires #lutonaargentina
www.trespontasurgente.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário